ACESSAR ÁREA RESTRITA
VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL
PLANTÃO 24 HORAS - Serviços Emergencias - (11) 4053 2860

VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL
PLANTÃO 24 HORAS - Serviços Emergencias - (11) 4053 2860
ACESSAR ÁREA RESTRITA

ENERG NEWS

Energ Geradores no programa "Empresários de Sucesso"

Equipe de jornalismo da Record News realiza reportagem com os Diretores da Energ Geradores para o programa "Empresários de Sucesso". A reportagem foi transmitida para todo o Brasil. E agora você pode acompanhar a entrevista em nosso site.

A Energ inaugura o novo escritório na cidade do Rio de Janeiro

A Energ inaugura o novo escritório na cidade do Rio de Janeiro.
De olho em novos negócios a empresa planeja expandir as atividades e dar mais agilidade no atendimento e aos clientes que possui no estado, oferecendo Produtos e Servicos de qualidade como: Grupos Geradores Generac (linha completa), Locação, Contratos de Manutenção, Peças de Reposição, Reformas, Automação e muito mais!

ENDEREÇO: R. Castelo Branco, 113 - Penha Circular
Rio de Janeiro - RJ
21012-000

TELEFONE: (021) 3888-0243 e (21) 3869-9418
www.energgeradores.com.br

A ENERG consolida parceria com a COMGÁS e GENERAC e se torna a única empresa autorizada para venda e instalação de geradores GENERAC a gás natural na sua área de concessão

A Energ Geradores é a unica empresa, em sua área de concessão, que foi treinada no centro de treinamento GENERAC nos Estados Unidos e portanto, autorizadas a instalarem e efetuarem intervenções nos grupos de geradores a gás da marca GENERAC.

Além do investimento nesse treinamento, a ENERG possui estrutura fisica e pessoal, adequadas ao atendimento contínuo dos clientes GENERAC.
A garantia de nossos equipamentos está condicionada à prestação autorizada de serviços.

A rede credenciada manterá estoque para toda a linha GUARDIAN e estará apta a fazer o faturamento direto ao cliente, incluindo o equipamento e instalação, facilitando assim todo o processo de fornecimento, que inclui desde a proposta, logística, instalação e entrega técnica.

ÁREA DE CONCESSÃO

  • Cubatão
  • Diadema
  • Guarujá
  • Itanhaém
  • Mauá
  • Monguaguá
  • Peruibe
  • Praia Grande
  • Ribeirão Pires
  • Rio Grande da Serra
  • Santo André
  • Santos
  • São Bernardo do Campo
  • São Caetano do Sul
  • São Paulo
  • São Vicente

Peças e Acessórios

Utilizando Peças Originais fornecidas pela ENERG, você tem a certeza que seu grupo gerador funcionará com segurança e tranquilidade.

Na hora de trocar as peças da sua motobomba diesel, quadro de comando e ou revisar o seu Grupo Motor Gerador só use as peças originais comercializadas pela Energ Geradores. Elas são produzidas com a mais alta tecnologia e com padrões de qualidade aprovados pelos principais fabricantes, proporcionando uma excelente relação custo-benefício e ainda possuem garantia de Fábrica de 12 meses.
Para armazenar e administrar com precisão a distribuição de suas peças e acessórios, a ENERG possui um grande centro logístico com mais de 1.000 m² de área localizada em São Bernardo do Campo, próximo as principais rodovias.
Uma experiente equipe de televendas presta atendimento de qualidade aos clientes. As mercadorias são despachadas por nossa frota, transporte rodoviário, aéreo ou entregue e substituída in loko pela nossa equipe técnica estrategicamente distribuída em todo território nacional.
A Divisão de Peças garante confiabilidade e a maior vida útil aos equipamentos, oferecemos a maior variedade e infra-estrutura de atendimento pós-venda do mercado com prestação de serviços e estoque de peças originais MULTIMARCAS.

LIGUE AGORA E CONFIRA – CENTRAL DE ATENDIMENTO
(11) 4053.2860
Horário de atendimento (Segunda a Sexta feira)

PROGRAMA GESTÃO AMBIENTAL DA ENERG GERADORES.

A preocupação da ENERG com as mudanças climáticas e com a conservação de recursos naturais já é conhecida de longa data, mas continua crescendo a cada ano. A responsabilidade ambiental está inserida em nossos objetivos estratégicos, o que faz com que cada vez mais avancemos no desenvolvimento de nosso Programa e Política de Gestão Ambiental, garantindo o nosso compromisso com o meio ambiente.

Consciente do seu papel na Sociedade, a ENERG recolhe todos os resíduos produzidos em suas atividades, bem como, óleo lubrificante, carcaça de baterias, elementos filtrantes, thiner etc, que são separados, acondicionados e enviados às empresas de reciclagem.

Mais do que um diferencial competitivo, nós reconhecemos que integrar a preocupação ambiental na cadeia de valor será essencial para garantir a continuidade dos negócios em um futuro próximo.
Praticar ações que resultam na preservação do meio ambiente é uma preocupação constante de toda nossa empresa.

A ENERG & GENERAC FECHAM PARCERIA PARA FORNECIMENTO DE GRUPOS GERADORES A DIESEL, GÁS E TORRES DE ILUMINAÇÃO

A Energ Engenharia uma das maiores empresas de manutenção em grupos geradores multimarcas presente em diversos estados brasileiro, e a Generac Multinacional formada por um grupo de empresas com fábrica nos EUA, Brasil, México e Itália fecharam parceria afim de oferecer ao mercado nacional soluções customizadas para fornecimento de grupos geradores a diesel, gás e torres de iluminação com potências variadas de 8 a 4000KVA.

O sócio-presidente executivo da Energ Engenharia, Bruno Teixeira Moreira, lembra que há alguns anos a companhia vem crescendo e se estruturando permitindo que a parceria existente venha reforçar as iniciativas tanto da Energ como a da Generac no sentido de promover e atender as necessidades de seus clientes com serviços de qualidade e produtos de alta tecnologia.

Além da Revenda da linha de grupos geradores da Generac, nossa intenção é agregar à nossa experiência na instalação dos equipamentos oferecendo, pós venda com atendimento técnico diferenciado, Manutenção corretiva, Contrato de Manutenção Preventiva, Plantão 24hs, Peças de reposição, Projetos especiais de emergência, prime, simples e/ou em paralelo com a concessionária local para todos os segmentos, afirma.

GERADORES ENERG NA UNIVERSIDADE UNINOVE DE SÃO PAULO

A Universidade Nove de Julho, conhecida como UNINOVE, é uma das maiores instituição privada brasileira de ensino superior. Sediada em São Paulo, com campus localizados nos bairros paulistanos da Vila Maria, Barra Funda, Liberdade, Santo Amaro e Vila Prudente, além de polos situados nos municípios de Bauru, Botucatu, São Roque e São Manuel é Garantia de um bom futuro profissional.

A UNINOVE é uma instituição com mais de 50 anos de experiência em Educação e proporciona formação completa ao aluno, desde os primeiros anos escolares até o Ensino Superior e a Pós-graduação. Por tudo isso, o Colégio UNINOVE é a melhor base de ensino que você pode proporcionar à futura Geração 10! E, foi a partir de sua representatividade que o Campus acabou de adquirir e instalar 04 Grupos geradores 700kva, Cabinado, equipados Com Motor Scania p/ Campus Vergueiro, 04 Grupos geradores 700Kva, campus barra funda, 02 Grupos geradores 750Kva Campus Targipuru, 03 Grupos geradores 750Kva Campus Santo Amaro e 03 Grupos geradores 750Kva p/ Campus Vila Prudente. Todos os equipamentos em Média Tensão.

Para ENERG GERADORES, é um orgulho garantir a Energia do Campus e poder acreditar em uma Educação humanista, em que os educadores e a escola do século XXI devem incentivar uma mudança em direção a um estilo de vida mais humano, proporcionando também novas formas de relação entre as pessoas, com base no respeito, na parceria e na cooperação.

OLHANDO PARA O FUTURO, A GOL ADQUIRE OS GERADORES E SERVIÇOS DA ENERG

INOVAÇÃO, PIONEIRISMO E TARIFAS REDUZIDAS.
Há quatorze anos, a GOL impulsiona o mercado brasileiro de aviação a se desenvolver, sempre apresentando processos, serviços e produtos inovadores e pioneiros. Com seu modelo de negócios de baixo custo, baixa tarifa (low cost, low fare), a companhia democratizou as viagens de avião no Brasil e na América do Sul.

A cada ano a empresa consegue conquistar mais clientes que antes não podiam fazer viagens aéreas por não terem condição de pagar pelas passagens. Por isso, grande parte dos passageiros da companhia está voando pela primeira vez, devido às tarifas reduzidas da GOL que, muitas vezes, são competitivas com os preços das passagens de ônibus.

A GOL, maior companhia aérea de baixo custo e melhor tarifa da América Latina conta com cerca de 910 voos diários para 71 destinos, sendo 15 internacionais na América do Sul, Caribe e Estados Unidos. Com parcerias operacionais de empresas aéreas nacionais e estrangeiras, a rede de linhas da GOL está entre as melhores para viajar para o Brasil.

Para garantir o máximo de conforto e segurança aos seus clientes a Gol, está adquirindo da ENERG GERADORES, (04 GRUPOS GERADORES 500KVA, CADA, EQUIPADOS COM MOTOR SCANIA ALTERNADOR WEG, CONTROLADOR DEESEA.

15º EDIÇÃO DO WORKSHOP SOBRE MANUTENÇÃO E OPERAÇÃO DE GRUPOS GERADORES

Na última quarta feira 07/10/15 a Energ realizou a 15º edição do Workshop sobre Manutenção e operação de Grupos Geradores. O evento reuniu um público de aproximadamente 60 pessoas de diversos setores empresariais.

O Palestrante e Diretor da Energ Bruno Teixeira Moreira disse: que o evento tinha o objetivo de ensinar, compartilhar experiências e fazer networking entre os participantes que são profissionais do mercado. ´´Este tipo de evento, onde as pessoas trocam experiências, acaba sendo mais rico do que muitos cursos. Esse tipo de trabalho se aprende fazendo. Aproveitem a oportunidade´´.

Todos elogiaram muito a iniciativa e aprovaram o resultado que teve visitação na Matriz SBC, sorteio de brindes e até diploma no final!!

1ª CHAMADA PÚBLICA PARA INCENTIVO DA GERAÇÃO CONFORME PORTARIA MME Nº 44, DE 10 DE MARÇO DE 2015

A (DISTRIBUIDORA), nos termos da Portaria do Ministério de Minas e Energia – MME, nº 44, de 10 de março de 2015, e da Resolução Normativa ANEEL nº XXX, de xxxx de xxxx de 2015, torna público o EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA para fins de incentivo à geração própria de unidades consumidoras, com a celebração do respectivo CONTRATOS DE ADESÃO DE GERAÇÃO PRÓPRIA, conforme estabelecido a seguir. A CHAMADA PÚBLICA e os procedimentos a ela relativos serão regidos pelas disposições deste EDITAL, seus anexos, documentos correlatos a serem expedidos, e pelos demais atos normativos aplicáveis.

Veja mais informações no link
http://www.aneel.gov.br/ aplicacoes/audiencia/arquivo/ 2015/012/documento/ minuta_de_edital_-_geracao_propria.pdf

PORTARIA Nº 44, DE 10 DE MARÇO DE 2015

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA

GABINETE DO MINISTRO

DOU de 11/03/2015 (nº 47, Seção 1, pág. 92)

O MINISTRO DE ESTADO DE MINAS E ENERGIA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, parágrafo único, incisos II e IV, da Constituição, tendo em vista o disposto no art. 59, do Decreto nº 5.163, de 30 de julho de 2004, e o que consta no Processo nº 48000.000320/2015-81, resolve:

Art. 1º – Os agentes de distribuição de energia elétrica deverão realizar Chamada Pública para incentivo à geração própria de unidades consumidoras, de acordo com as diretrizes definidas na presente Portaria.
Art. 2º – Poderão participar das Chamadas Públicas os consumidores cujas unidades consumidoras atendam cumulativamente aos seguintes requisitos:
I – atendidas pelo Sistema Interligado Nacional – SIN;
II – atendidas por agentes de distribuição de energia elétrica;
III – enquadradas nas modalidades tarifárias horárias, pertencentes ao Grupo A, que adquiram energia em condições reguladas ou no Ambiente de Comercialização Livre – ACL;
IV – possuam em suas instalações unidades geradoras registradas ou outorgadas; e
V – não tenham, nos últimos cinco anos, montantes de geração registrados na Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE, para liquidação no mercado de curto prazo, comercialização ou autoconsumo remoto.
Art. 3º – A energia gerada será valorada de acordo com a fonte energética utilizada.
Parágrafo único – Para as unidades consumidoras cujos consumidores adquiram energia no ACL, o incentivo à geração própria, de que trata esta Portaria, não deve resultar em exposições positivas decorrentes de diminuição da energia elétrica consumida da rede de distribuição.
Art. 4º – O agente de distribuição pagará por toda a energia própria gerada entre a data de celebração do Contrato de Adesão de Geração Própria e 18 de dezembro de 2015.
§ 1º – A energia gerada deverá ser comprovada por meio de medição individual instalada na unidade de geração própria.
§ 2º – A unidade consumidora poderá excluir do mecanismo a energia gerada no posto tarifário ponta.
§ 3º – O agente de distribuição de energia elétrica será responsável pela instalação do medidor e pelos processos de medição e pagamento, em acordo com o Contrato de Adesão de Geração Própria e com o Edital da Chamada Pública.
§ 4º – As eventuais adequações das instalações serão de responsabilidade do consumidor.
§ 5º – O pagamento poderá ser feito, prioritariamente, mediante crédito concedido na fatura de consumo de energia elétrica e/ou de uso do sistema de distribuição.
§ 6º – O pagamento pela energia própria gerada não deve alterar o faturamento regular do consumo de energia elétrica e uso do sistema de distribuição.
Art. 5º – A despesa incorrida pelo agente de distribuição com o pagamento da geração será reembolsada por meio do Encargo de Serviço do Sistema – ESS.
Art. 6º – Caberá à Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL regular esta Portaria, bem como elaborar o modelo e padrão dos Editais de Chamada Pública e dos Contratos de Adesão de Geração Própria.
Art. 7º – Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

EDUARDO BRAGA

REAJUSTE EXTRA DE ENERGIA PUXA INFLAÇÃO NO 1º TRIMESTRE

O impacto da nova política de reajustes das tarifas de energia elétrica sobre a inflação se estenderá até o fim do primeiro trimestre e deve ser mais acentuado em fevereiro e março. No cenário traçado pelo governo, o efeito dos reajustes extraordinários que serão concedidos para resolver o problema de caixa das distribuidoras de energia vai superar o aumento da inflação causado pela adoção das bandeiras tarifárias em janeiro. A estimativa é que o IPCA, índice usado como referência para a meta de inflação, aumentará em 0,3 ponto percentual por causa das bandeiras vermelhas acionadas em janeiro. Já os reajustes que serão autorizados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) se dividirão entre fevereiro e março, fazendo com que o IPCA continue elevado no início desse ano. Numa tentativa de aliviar os reajustes médios de até 40% na tarifa de 2015 em virtude da nova política de preços, o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, disse ontem que o governo tentará alongar o prazo de pagamento do empréstimo de R$ 17,8 bilhões que os bancos fizeram ao setor no ano passado. ´´A partir das revisões extraordinárias [de tarifas], teremos um redesenho da remuneração do setor elétrico. A qualidade dos recebíveis e a geração de caixa permitirão uma renegociação dos termos do financiamento, com impacto positivo na redução da tarifa´´, disse o ministro.

Segundo fontes, o aumento do prazo de pagamento dos empréstimos foi tratado na reunião dos ministros Braga e Joaquim Levy, da Fazenda, com a presidente Dilma Rousseff, que, no entanto, pediu uma avaliação mais precisa. A mudança no cronograma de pagamentos não virá sem custos: os bancos envolvidos na negociação exigirão juros mais elevados e o resultado final pode não ser o melhor para o governo, especialmente no que diz respeito à inflação. O ganho agora poderia chegar a cerca de oito pontos percentuais na tarifa caso nada fosse pago este ano, um cenário improvável. O impacto sobre a inflação, no entanto, é marginal. Conforme antecipou o Valor, a equipe econômica calculou em 0,2 ponto percentual o impacto que o pagamento do empréstimo sobre o IPCA de 2015. Há também o argumento de que a postergação nos pagamentos implicará manter as tarifas de energia elevadas por mais tempo para quitar a dívida, o que contamina as expectativas para a inflação para os próximos anos no momento em que o Banco Central promete trazer o IPCA para 4,5% em 2016.

O cronograma original de pagamentos prevê que a Aneel crie um encargo nas contas de energia a partir de fevereiro. Nos primeiros nove meses, devem se arrecadados R$ 1,2 bilhão. Esses recursos funcionarão como um colchão e uma garantia extraordinária ao empréstimo. Se não for usado, poderá ser devolvido aos consumidores quando a dívida for quitada. O primeiro pagamento aos bancos está previsto para novembro desse ano. O aumento da inflação em janeiro e fevereiro já vem sendo projetado pelo próprio mercado financeiro. O boletim Focus, feito pelo Banco Central com participação de mais de cem analistas do mercado financeiro, estima um IPCA de 1,05% em janeiro. No governo, janeiro já não é mais visto como o pior mês. Espera-se uma pressão maior de preços em fevereiro por causa exatamente dos reajustes extraordinários que serão concedidos ao setor elétrico. O índice cheio pode ficar maior no mês de janeiro, por causa da concentração de pressões de outros segmentos, mas a energia deve ter um peso proporcionalmente maior no mês que vem. Caso o governo leve adiante a estratégia de mudar o cronograma de pagamentos do financiamento de R$ 17,8 bilhões, estará na verdade começando uma nova negociação com o grupo de bancos públicos e privados que participou da operação. Além dos juros, que vão subir, será necessário obter a aprovação dos comitês de crédito de cada uma das instituições, um processo que dificilmente será finalizado em menos de dois meses.

Fonte: Valor Econômico

ENERGNEWS

Favor entrar com um email válido.